Hiperplasia-Sebacea-01-Dr-Alexandre-Lima-Dermatologista-BH-Belo-Horizonte

Hiperplasia Sebácea

O quê é Hiperplasia Sebácea?

A Hiperplasia sebácea é um quando há um aumento no tamanho das glândulas sebáceas. As glândulas sebáceas estão presentes em toda a pele do corpo exceto nas palmas das mãos e plantas dos pés. É mais comum aparecer em adultos de pele clara, e mais frequente em pessoas que apresentam pele oleosa. Em alguns casos surgem lesões isoladas mas também pode ocorrer em grande número, especialmente na face.

A Hiperplasia sebácea é uma alteração benigna, mas pode constituir um problema cosmético.

Sinais e Sintomas da Hiperplasia Sebácea

A queixa comum é o aparecimento de bolinhas amareladas no rosto, que medem 2-5mm de diâmetro, são macias e superficiais de coloração amarelada, rosada ou cor da pele.

O local mais comum é na face, principalmente na testa, no nariz e nas bochechas. Podem acometer também o tórax e o pescoço.

Quando ocorrem isoladamente podem ser confundidas com o carcinoma basocelular, por isso é muito importante, em caso de dúvida marcar uma consulta com o seu dermatologista.

Quais os tratamentos para Hiperplasia Sebácea?

Os tratamentos são realizados com finalidade estética, pois podem causar grande incômodo em algumas pessoas. Mas as lesões são benignas.

  • Eletrocoagulação: usada para queimar as lesões e destruir as glândulas aumentadas de tamanho.
  • A Isotretinoína pode reduzir o número das lesões, mas com a descontinuação do tratamento ocorre recidiva.
  • Procedimentos como excisão, crioterapia, cauterização química e shaving podem ser utilizados, mas estes procedimentos apresentam um risco maior de manchas e cicatrizes residuais.
  • Laser de CO2 e Laser Erbium: são ótimos tratamentos pois também queimam a lesão, eliminando totalmente, mas são mais precisos por não atingir a pele ao redor.

Fotos de Hiperplasia Sebácea

Avalie essa publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *