Tatuagem-Remocao-Tirar-Dr-Alexandre-Lima-Dermatologista-Belo-Horizonte-BH-Mulher

Tatuagens feitas na adolescência têm maior chance de causar arrependimento

Por: M. ALEXANDER OTTO, Dermatology News Digital Rede

Tradução: Dr. Alexandre Lima

SAN FRANCISCO – Quanto mais jovem a pessoa quando ela faz uma tatuagem, maiores são as chances de se arrepender mais tarde e querer fazer a remoção de tatuagem, de acordo com um levantamento de 501 pessoas no bairro francês de Nova Orleans.

Todos os participantes do estudo tinham idade de 18 anos ou mais e tinham pelo menos uma tatuagem. No geral, 16,2% disseram lamentar pelo menos uma tatuagem, mas esse número subiu para mais de um terço (35%) entre as 77 pessoas que receberam a sua primeira tatuagem, quando eles tinham 17 anos ou menos. Entre as 257 pessoas que esperaram até que estivessem 18-20 anos de idade, 13,6% lamentou uma ou mais das suas tatuagens.

Os demais, que tiveram sua primeira tatuagem a partir dos 21 anos de idade; 11,4% tinham algum arrependimento.

Cerca de um em cada cinco americanos têm uma tatuagem, com o aumento do número para cerca de um terço ou mais em pessoas de 18-30 anos de idade, de acordo com Walter Liszewski, um estudante de medicina da Universidade de Tulane, em Nova Orleans.

Estudos anteriores descobriram uma taxa de arrependimento de 16%-44%. A associação com a idade sugere que pode ser interessante, quando possível, para adolescentes, aconselhar adiar por um tempo, disse Liszewski. Há uma chance de que eles venham a escutar esse conselho se ele vier também de um dermatologista. Na pesquisa, 93% das pessoas pensavam que os tatuadores eram a melhor fonte de informação sobre as complicações da tatuagem e como tratá-los, mas os dermatologistas não ficaram muito atrás, com cerca de 80% dos entrevistados dizendo que os dermatologistas também eram uma fonte confiável para informações confiáveis ​​sobre tatuagens. “Então, não hesite em se envolver com os pacientes sobre tatuagens, complicações e outras perguntas que possam ter”, disse Liszewski na reunião anual da Academia Americana de Dermatologia.

Cerca de 70% dos participantes da pesquisa disseram que se sentiam à vontade para discutir essas questões com os prestadores de cuidados de saúde primários, e 40% disseram que se sentiam à vontade para discutir essas questões com os farmacêuticos.

Os requisitos de idade para tatuagens variam muito de estado para estado, mas alguns permitem que indivíduos com menos de 18 anos de idade possam fazer uma tatuagem, mesmo sem a permissão dos pais.

[…]

“Nós também estavamos preocupados que 21,2% receberam uma tatuagem em estado de embriaguez, e 17,6% tinham pelo menos uma tatuagem” feita em algum lugar que não seja um estúdio de tatuagem, disse ele. Isso significa que se “os pacientes têm um monte de tatuagens e você está batendo um papo, não hesite em perguntar-lhes onde eles estão fazendo suas tatuagens”, acrescentou.

Se as tatuagens foram feitas em uma festa, prisão ou em algum outro lugar “, você pode querer considerar aconselhar sobre teste de HIV e hepatite C” Mr. Liszewski observou.

Pouco mais de 3% dos participantes relataram ter tido uma tatuagem infectada, 22,6% dos entrevistados disseram que tinha uma tatuagem pruriginosas, e 3,8% disseram ter tido dor, por um mês ou mais depois de realizar a tatuagem.

“Complicações de tatuagem não são incomuns”, disse Liszewski. Dada a quantidade de pessoas tatuadas que demonstram confiar nos dermatologistas, “há uma oportunidade para que os dermatologistas cuidem dessas complicações”, acrescentou.

(31) 3222-2245Clique e Ligue agora: 8:00-11:00 e 13:00-18:00
Tatuagens feitas na adolescência têm maior chance de causar arrependimento
Avalie essa publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *