TAKING TOO LONG?
CLICK/TAP HERE TO CLOSE LOADING SCREEN.
Category: Dicas

3 Dicas Essenciais para ter uma pele Maravilhosa No Inverno

Chegou o inverno, a pele sofre com o vento frio e a diminuição da umidade do ar, principalmente em algumas regiões, como nossa querida Belo Horizonte. Sendo assim, capriche na hidratação.

Eu preparei 3 Dicas Essenciais para ter uma pele Maravilhosa No Inverno, mas o melhor sempre é procurar o seu médico dermatologista para uma boa avaliação da sua pele.

1) Use o Hidratante Regularmente:

Pelo menos uma a duas vezes ao dia, aplique no corpo um creme a base de ureia, vaselina, silicone, ácido hialurônico, óleos vegetais ou lactato. Tente fazer a hidratação até 3 minutos após o banho. No rosto, se você tem a pele oleosa é interessante utilizar um protetor solar com ativos que auxiliem o controle da produção de sebo. Já as normais e secas, quanto a isso, aceitam produtos mais espessos, procure hidratantes com ácido hialurônico ou ferúlico, AHA e vitamina C, além de filtro solar.

2) Aproveite para realizar os procedimentos necessários:

Existe um mito de que alguns procedimentos só podem ser realizados no inverno. Isso é mentira. No entanto, nessa época é muito mais fácil evitar o sol (isso sim é muito necessário) porque ninguém vai para o clube tomar vento!

E principalmente por isso o inverno é o melhor período do ano para realizar alguns tratamentos para manchas e tratamentos de rejuvenescimento. Você pode obter os benefícios do peeling, tratamentos a laser, entre outros.

Para tratar a sensibilidade, use um filtro solar potente e hidratante noturno.

3) Hidrate de dentro pra fora também!

E é claro que nesse caso estamos falando da ingestão de bastante água! Ela tende ser esquecida no frio, mas ainda é forma mais eficaz de hidratação (de dentro pra fora). Além de favorecer o funcionamento máximo dos mecanismos de limpeza e eliminação de toxinas do nosso organismo.

Foliculite de Barba

Esse artigo tem por objetivo ajudar a sanar algumas dúvidas sobre foliculite e pseudofoliculite de barba.

O que é foliculite da barba?

Os pêlos são formados no interior de estruturas da pele chamadas folículos pilosos. A palavra Foliculite descreve uma inflamação dos folículos pilosos. Pode ocorrer em qualquer lugar sobre a pele; o termo foliculite da barba é limitado à inflamação dos folículos pilosos na barba.

O que causa a foliculite da barba?

Foliculite da barba é geralmente causada por uma infecção por Staphylococcus aureus (S. aureus); que é uma bactéria que normalmente afeta a pele. Essa infecção pode ocorrer na pele mesmo quando não se faz a barba, mas frequentemente atinge os homens que raspam. A bactéria que infecta muitas vezes vem das cavidades nasais (narinas), que é o seu habitat natural. A partir das primeiras infecções pode ocorrer a auto-inoculação, ou seja, ao fazer a barba ocorre uma contaminação de novos folículos.

A infecção geralmente inclui uma porção superior do folículo do cabelo próximo da superfície da pele. Em alguns casos, no entanto, a infecção é mais profunda. O organismo responde produzindo uma inflamação, o que causa as pábulas e pústulas (pontos de pus). Por vezes, a inflamação leva à formação de cicatrizes.

A  foliculite da barba é hereditária?

Não. Ela é uma doença normalmente infecciosa.

Quais são os sintomas de foliculite da barba?

Prurido, pábulas eritematosas (bolinhas vermelhas), pústulas (bolinhas de pus).

A foliculite da barba tem cura?

Às vezes. No entanto, em algumas pessoas, a melhora é parcial, mas sempre ocorre. O fato se agrava se  houver o surgimento de cicatrizes, cujo tratamento é mais complicado.

Como posso tratar a foliculite da barba?

  • Infecção simples deve responder rapidamente ao uso de um antibiótico adequado, tópico (uso local) ou comprimido.
  • Em algumas pessoas será importante tratar a cavidade nasal.
  • Em algumas situações o uso de coticóides pode ser importante, associando com os outros meios.

O que eu posso fazer?

Se a sua foliculite é persistente você deve tomar medidas higienizar bastante o aparelho de barbear. As partes metálicas podem ser colocadas em água fervente. As partes plástica devem ser limpas cuidadosamente e embebido solução anti-séptica alcoólica.

Uso de loção anti-séptica ajuda em alguns casos.

Em todos os casos é essencial que você procure se consultar com o melhor dermatologista à disposição para o seu caso. Assim você receberá as orientações corretas.

Fonte:

Foliculite de Barba (Emedicine)

9 hábitos para começar AGORA a ter uma pele linda pelos próximos anos

“Tenha uma pele bonita pela vida toda.”

Às vezes, ser uma pessoa que segue uma rotina pode ser um ponto a seu favor, pelo menos no que diz respeito à sua pele. Veja algumas dicas essenciais para cuidar da sua pele hoje e tê-la bonita pela vida toda.

Ir a um dermatologista

Se você não faz ainda, faça uma consulta com um bom dermatologista em sua região o mais rapidamente possível. Um bom médico vai elaborar um plano de cuidado e tratamento para sua pele, buscando sempre a sua beleza e harmonia, se pautando em pesquisas científicas.

Ter um profissional que te acompanha sempre também facilita identificar mudanças nas sua pele e em lesões que você possui.

Use produtos específicos para o seu tipo de pele

Conhecer as necessidades da sua pele é metade da batalha. Um bom profissional saberá indicar aqueles que sãos próprios para você.

Uso de protetor solar

Nada envelhece a pele tanto quanto os danos causados ​​pelo sol. Para ter uma pele bonita que vai te acompanhar por muitos anos, você deve usar protetor solar diariamente, embaixo da sua base ou maquiagem. A proteção solar das bases normalmente não é suficiente.

Combater o envelhecimento

Você começou a se preocupar com as rugas? O minuto que você perceber que sua pele não é eternamente bela, é hora de tomar medidas preventivas (afinal, ele é chamado de anti-envelhecimento por uma razão). O ideal é que você deva começar a olhar para os produtos anti-envelhecimento por volta dos seus 20 anos. Claro, cada idade tem seus produtos mais indicados.

Pesquise antes de comprar

Tome muito cuidado com o que vai comprar, é importante ter uma boa orientação do seu dermatologista, pois assim você fará as escolhas acertadas. Isso pode te economizar muito dinheiro usado em produtos sem eficácia científica comprovada.

Usando a vitamina C e retinol

Sabe o que é mais comum entre as estrelas? A maioria usa alguma vitamina C e  um retinóide (temos vários tretinoína, adapaleno, retinol). Elas começam a usar ainda na juventude. A vitamina C proporciona ação antioxidante e promove a produção de colágeno, enquanto que os retinóides diminuem a rugas suaves e melhora a elasticidade.

A purificação da sua dieta

Infelizmente para o seu rosto, todas as toxinas que você colocar em seu corpo (álcool, cigarros ou poluição ambiental) aparecem depois em sua pele. Quer um conselho? Quanto mais você limitar o contato com essas substâncias, melhor será para a sua pele.

Dormir com um umidificador

Isso diminui o ressecamento da pele, além de melhorar a garganta e todo o trajeto das vias aéreas superiores. Durma usando um umidificador de ambiente.

Seja gentil com a pele

Esfregar e esfoliar exageradamente o seu rosto não vai resolver seus problemas de pele, na verdade, isso pode até piorar. Sua pele é mais receptiva aos produtos quando aplicado com um toque suave, usualmente em movimentos circulares.

[accordion_item title=”Fonte”]

Women’s Health: 11 cuidados para ter uma pele mais jovem por muito mais tempo. (livre adaptação)

[/accordion_item]

O que fazer antes, durante e depois de um treino para evitar as espinhas

Deixe seu treino à prova de espinhas

Você sabe que o exercício físico é muito bom para seu corpo, mas se você não cuidar da sua pele enquanto treina, pode ficar com um rosto cheio de espinhas causadas pela obstrução dos poros. Felizmente, há alguns passos simples que você pode tomar antes, durante e depois de um treino para se certificar de que você mantenha sua sua pele limpa.

O que fazer antes de malhar

Remover sua maquiagem

“A combinação de suor e maquiagem pode causar uma acumulação de óleo em excesso”, diz David E. Bank, MD, um dermatologista em Mount Kisco, Nova Iorque. “Como os poros se abrem enquanto suamos, nós não queremos obstruí-los com maquiagem.” Isso pode realmente levar a acne cosmética. Um tipo de acne que se parece com pequenas saliências vermelhas sem inflamação. O Dr. David Bank sugere o uso de lenços de limpeza, que você pode facilmente armazenar na bolsa da academia.

Mesmo se você não usar maquiagem, você deve sempre limpar o rosto pré-treino. “O tratamento prévio da pele com algum produto que elimina bactérias, como um peróxido de benzoíla […], é a melhor prevenção”, diz Ronald Moy, MD, um dermatologista em Beverly Hills. “Estes medicamentos contra a acne podem ir mais fundo no folículo piloso e impedir que certas bactérias que podem se desenvolver enquanto a pessoa transpira”.

A escolha correta protetor solar

Se você está se exercitando ao ar livre, o protetor solar é uma obrigação, mas é importante escolher o produto correto. Protetor solar oleoso pode causar acne o entupimento dos poros, diz o Dr. Ronald Moy, mas usando uma fórmula mais leve pode ajudar a garantir que você não se preocupará com espinhas depois.

Vai devagar com produtos de cabelo

“Muitas pessoas usam condicionadores e outros produtos que são muito oleosos e [quando escorrem pelo seu rosto ou parte de trás pelo suor] eles podem obstruir os poros”, disse Moy. “Tente não usar esses tipos de produtos em seu cabelo nos dias de treinamento intenso.”

Limpe os aparelhos que vai malhar

Não confiar nos outros para limpar equipamento depois de terem terminado. Bactérias ficam no equipamento, e um simples contato com o seu rosto pode causar contaminação.

O que fazer depois de malhar

Lave o rosto imediatamente

Para eliminar qualquer acúmulo de bactérias nos poros, limpar seu rosto pós-exercício o mais rápido possível. O dermatologista Ronald Moy recomenda combater as bactérias com produtos antibacterianos específicos.

Evitar irritação

“O acúmulo de bactérias pode provocar inflamação”, disse Moy, que recomenda o uso de produtos de limpeza com algum agente antibacteriano.

Direto para o chuveiro

Ficar por muito tempo com a roupa suada pode promover a formação de acne. “Se o suor ficar muito tempo em sua pele, ele vai entupir os poros e não permitem que a pele respire”, disse Dr. Bank. Tomar o banho imediatamente depois de ter terminado o treino. Se isso for impossível, limpar as áreas que são mais propensas à acne onde o suor se acumula mais, como o peito, costas e estômago.

[accordion_item title=”Fonte”]

Women’s Health

Adaptação: Dr. Alexandre Lima – Belo Horizonte

[/accordion_item]

[sc:AssineListaFinalPost ]

6 dicas para um banho esperto!

[line]

[dropcap]1[/dropcap] Nada de adicionar água no xampu! Ela dilui o produto, que pode ficar com o efeito diminuído.

 

[line]

[dropcap]2[/dropcap] Prefira usar uma mesma marca de xampu e condicionador. Isso assegura que os princípios ativos sejam equilibrados e funcionem melhor. Marcas diferentes podem até “brigar” entre si.

 

[line]

[dropcap]3[/dropcap] O banho deve ter duração média de 10 minutos – mais tempo que isso e sua pele começa a sofrer. Comece pelo cabelo para que parte da sujeira vá para o ralo, antes de você se ensaboar.

 

[line]

[dropcap]4 [/dropcap] O ideal é que a temperatura fique abaixo da faixa de 30 graus. Água muito quente tira a proteção natural da e resseca a pele e o couro cabeludo. Uma boa dica é: Se os azulejos e os espelhos embaçam rapidamente é porque o banho está na faixa de 36 graus, então diminua a temperatura”.

[line]

[dropcap]5[/dropcap] Para quem toma dois banhos por dia, o ideal é que o segundo seja apenas uma ducha rápida. Não precisa reaplicar o xampu, apenas passe o sabonete nas axilas e na região genital.

 

[line]

[dropcap]6[/dropcap] No dia a dia, escolha um sabonete hidratante. Evite sabonetes antissépticos ou bactericidas, eles só devem ser usados com indicação específica do seu dermatologista pois podem causar uma desarmonia das bactérias boas na nossa pele.

[line]

[sc:AssineListaFinalPost ]

Cuidados com a pele no verão

No verão é normal haver um aumento das atividades realizadas ao ar livre. Nessa época também, a radiação solar incide de forma mais intensidade sobre a Terra, com isso aumenta o risco de queimaduras, câncer da pele e outros alterações. Sendo assim, não podemos deixar a fotoproteção em segundo plano. A seguir vou dar algumas dicas para aproveitar a estação mais quente (e animada) do ano sem colocar a saúde em risco.

Roupas e acessórios

Além do filtro solar (muito importante para o nosso dia a dia), durante o verão é importante usar chapéu e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois retêm cerca de 90% das radiação UV. Tecidos como o nylon, protegem apenas 30%.  As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação UV. Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem cataratas e lesões á córnea.

Comportamento de proteção

A melhor forma de prevenir é ter um comportamento adequado. Diminua ao máximo a exposição desnecessária. Procure áreas de sombra, não fique se expondo para bronzear. E principalmente, evite a exposição solar entre 10h e 16h (horário de verão), pois nesse horário a incidência e a radiação estão mais fortes.

Filtro solar

Durante o verão devemos reforçar o uso de filtro solar, ele deve ser aplicado diariamente, e não somente nos momentos de lazer. A recomendação é utilizar um produto com FPS 30 ou superior e um PPD acima de 10. Ideal para uma exposição mais prolongada ao sol (praia, piscina, pesca etc.). Para pessoas mais sensíveis, que possuam manchas e melasma ou que estejam em tratamento com ácidos ou laser, eu recomendo FPS 60 e PPD 20.

Os produtos devem ter proteção contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e contra os raios UVB (indicado pelo FPS). O ideal é que se aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva (se não for possível aplicar com essa antecedência, aplique mesmo que na hora de se expor). Reaplique o filtro a cada duas horas, mas fique atento, esse tempo acaba sendo menor se houver muita transpiração ou caso você entrar na água. Aplique o protetor uniformemente em todas as partes de corpo, isso inclui mãos, orelhas, nuca, pés. Cuidado com filtro solar em Spray, é muito comum a aplicação irregular desse protetor, que pode deixar algumas áreas de pele desprotegidas.

Outras dicas

Uma dica interessante é o uso de fluidos siliconados nas pontas dos cabelos. Dessa forma você impede que eles se danifiquem com o vento, calor ou maresia.

Cicatrizes e proteção solar: Quando novas, as cicatrizes podem ficar escuras se não forem protegidas. Pode ser colocado o filtro na própria cicatriz ou protegê-las com adesivos ou esparadrapos.

Em crianças, inicia-se o uso do filtro solar a partir dos seis meses de idade, utilizando um protetor adequado para a pele sensível da criança, de preferência os filtros físicos. Você pode pedir orientação a um pediatra ou a um dermatologista sobre qual o melhor tipo para cada caso.

É muito importante para nós, pais,  transmitir para as crianças e jovens o hábito de usar o protetor solar diariamente. 75% da radiação acumulada durante toda a vida ocorre na faixa entre 0 e 20 anos.

Pele negra e proteção solar: As pessoas de pele negra têm uma proteção natural da pele, já que produzem uma quantidade muito maior de melanina, mas não podem esquecer da fotoproteção. Os negros também estão sujeitos a queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Dessa forma, precisam usar filtro solar, roupas e acessórios apropriados diariamente.

Hábitos Diários

As temperaturas mais quentes exigem maiores cuidados com a hidratação, tanto por dentro quanto por fora. Aumente a sua ingestão de líquidos no verão, consumindo bastante água, suco de frutas e da água de coco. Aplique diariamente um bom hidratante, isso ajuda a manter a quantidade de água na pele entre 10% a 30%.

Alguns alimentos podem ajudar na prevenção dos danos que o sol causa à pele: cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, são alguns deles. Esses alimentos contêm carotenóide, ele se deposita na pele e auxilia pois retém as radiações ultravioletas. Esta substância é encontrada nas frutas e legumes de cor alaranjada ou vermelha.

Durante o banho, use sabonetes adequados ao seu tipo de pele. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para evitar o ressecamento.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

[sc:AssineListaFinalPost ]

Proteção e Estilo

Olá! Eu sou a Cissa Santos, do Moda a Meu Modo, publicitária apaixonada por moda e consultora de imagem e estilo com extensão pela UFMG. A pedido do Dr. Alexandre Lima, sempre preocupado com a pele e com a proteção solar e escutando que é difícil usar um chapéu no dia-a-dia, resolvi fazer esse pequeno guia com algumas dicas para quem quer usar chapéu, mas não sabe como e onde usar cada modelo. Vou mostrar também algumas inspirações, para que vocês possam identificar qual combina mais com o seu estilo.

Os chapéus, como um todo, garantem muito estilo e charme aos looks. Vale ressaltar que quanto maior a aba do chapéu, maior a proteção.

Chapéu Panamá
Esse é um dos modelos mais usados e mais fáceis de se combinar. O chapéu panamá tem todo gingado de uma boa roda de samba, mas também a leveza das festas tropicais. Use em eventos informais, como churrascos, clubes, praia, piqueniques, etc.

01- Chapéu Panamá
Chapéu de Praia
Os chapéus de praia costumam ter abas bem longas, para garantir proteção redobrada, afinal haja sombra para segurar o sol forte dos litorais. Esses modelos trazem uma dose extra de elegância e ficam ótimos com óculos enormes e acessórios. Para balancear, prefira biquinis lisos. Deixe que os acessórios façam a festa!

02- Chapéu de Praia

 

 

Chapéu Floppy
Esse é o queridinho das fashionistas. Com o estilo boho em alta, esse modelo não sai da cabeça, literalmente. Use com muitos acessórios, como pulseiras, colares e anéis. Ficam lindos com vestidos ou saias longas e aquela rasteirinha super confortável que a gente ama.

03- Chapéu Floppy

 

Chapéu Coco
Use noite e dia. O chapéu coco pode ser usado tanto em ambientes externos quanto internos. São mais elegantes e podem ser usados inclusive em coquetéis.

04- Chapéu Coco

 

Viseiras
Na praia, piscina ou para praticar esportes. As viseiras são leves e super práticas. São ideais para praticar esportes porque se fixam melhor na cabeça. Use com um rabo para ter ar mais esportivo ou coque para dar um toque de elegância.

05- Viseira

 

Chapéu Country
Vamos aos campos e pastos. Separe sua calça ou short jeans e as botas de cowboy. Ficar em cima de um cavalo ou andar pelos campos exige também muita proteção. Para combinar com esses ambientes, nada como um belo chapéu.

06- Chapéu de Cowboy

 

Chapéu Social
Quem disse que no inverno o sol não maltrata? Essa é a hora de apostar em um chapéu social. Ficam lindos com sobretudo ou capas com botas. São super elegantes!

07- Chapéu Social
Espero que vocês tenham gostado das dicas!
Beijocas, Cissa Santos.

Imagens: Google Imagens.

[sc:AssineListaFinalPost ]

Como lavar o Rosto

A forma que você lava seu rosto pode fazer a diferença na sua aparência.

Veja aqui algumas dicas de dermatologistas para ajudar você a manter o seu rosto com aspecto saudável.

[dt_sc_fancy_ol style=”decimal” variation=”cyan”]

  1. Use um sabonete ou limpador suave, não abrasivo que não contenha álcool.
  2. Molhe o rosto com água morna e use os dedos para aplicar purificadores. Usando um pano, esponja de malha, ou qualquer outra coisa que seu alcance pode irritar a pele.
  3. Resista à tentação de esfregar sua pele, porque esfregando irrita a pele.
  4. Enxágüe com água morna e seque com uma toalha macia.
  5. Aplicar hidratante se sua pele é ressecada ou coça. Seja suave ao aplicar qualquer creme ao redor dos olhos para não pegar pesado com essa pele delicada.
  6. Limite-se a lavar duas vezes por dia e após a transpiração. Lavar o rosto uma vez pela manhã e outra à noite, bem como depois de suar muito. Transpiração, especialmente quando vestindo um chapéu ou capacete, irrita a pele. Lave a pele mais rapidamente possível após a transpiração.
  7. Se você tiver dúvidas ou preocupações sobre como cuidar de sua pele, você deve fazer uma consulta com um dermatologista.

[/dt_sc_fancy_ol]

Fonte: Face washing 101. American Academy of Dermatology.

Tradução e Adaptação: Dr. Alexandre Lima

[sc:AssineListaFinalPost ]