TAKING TOO LONG?
CLICK/TAP HERE TO CLOSE LOADING SCREEN.
Tag: Laser

Tratamento de Cicatrizes de Acne com Laser de CO2 Fracionado

 

A Acne ou Espinha é uma doença muito comum. E se você não teve, tenho certeza que conhece alguém muito próximo a você que passou por esse problema. Ela acomete principalmente adolescentes mas também pode aparecer em crianças e nos adultos e nesse caso é mais comum nas mulheres entre 20 e 40 anos. Existem algumas pessoas que desenvolvem formas mais graves de acne, e estas formas podem deixar manchas, marcas e cicatrizes no rosto e no tronco.

As cicatrizes ocorrem devido a um processo inflamatório na pele, que leva a uma consequente fibrose e retração da superfície da pele, levando às depressões. Algumas vezes essas depressões assumem um aspecto grosseiro.  E se você tem esse problema saiba: eu entendo e sei o quanto isso te incomoda.

Essas cicatrizes podem se apresentar com vários aspectos:

  • Atróficas, que são deprimidas, mais finas que a pele normal, ou
  • Hipertróficas e queloideanas, que são mais espessas que a pele normal.

A parte boa é que nós temos várias formas de tratar e melhorar esse problema que você vê diariamente, quando se olha no espelho.

Existem diversos tipos de tratamento, como preenchimento, dermoabrasão, dermaroller, peeling, cirurgia e etc. Hoje vou falar sobre o Laser de CO2 Fracionado. No entanto é importante saber que em muitos casos devemos associar mais de um tipo de tratamento.

O Laser de CO2 Fracionado é um dos melhores tratamentos para as cicatrizes.

Ao ser aplicado na pele, ele promove uma vaporização localizada e aquecimento da região ao redor, esses dois processos fazem com que haja uma intensa renovação celular e migração de fibroblastos que vão produzir um colágeno novo, fazendo com que haja melhora do aspecto e da textura das cicatrizes e da pele.

Dúvidas sobre o tratamento com Laser de CO2 Fracionado

1) Existe alguma restrição de idade para fazer a aplicação do Laser de CO2 Fracionado?
Não, qualquer pessoa, independente da idade pode fazer, se o médico julgar que há indicação.

2) Quantas sessões são necessárias para o tratamento das cicatrizes?
Não existe um número certo de sessões, cada pele responde de uma forma, mas em média realizamos de 3 a 5 sessões.

3) Qual é o intervalo entre as aplicações do Laser de CO2 Fracionado?
Varia um pouco de pessoa para pessoa, mas normalmente eu realizo a cada 2 meses, para que a pele possa se recuperar e produzir mais colágeno.

4) Qual a melhor época do ano para realizar a aplicação do Laser de CO2 Fracionado?
Muitos acham que só podemos fazer esses procedimentos no inverno. No entanto se você seguir corretamente as orientações do dermatologista, pode ser realizado em qualquer época do ano.

5) A aplicação do Laser é dolorosa?
É um procedimento que pode ser bastante incômodo, dependendo de cada pessoa, mas com o uso de anestésicos específicos o procedimento torna-se muito tolerável.

6) Existe algum risco para a pele com esse tratamento?
Sim, existem riscos, caso não sejam observados os devidos cuidados ou se for aplicado por um profissional sem o devido treinamento, pode levar a sequelas como manchas e cicatrizes, que podem até ser permanentes. É por isso que esse procedimento só pode ser realizado por um médico bem treinado e de confiança.

[sc:AssineListaFinalPost ]

Tratamento para cicatrizes de Acne

[accordion_item title=”Como surgem as cicatrizes de acne?”]

As espinhas (ou acne) é uma doença comum, que aparece principalmente adolescentes mas que também adultos, mais comum nas mulheres entre 20 e 40 anos. Algumas pessoas desenvolvem formas mais graves de acne, e estas formas podem deixar manchas, marcas e cicatrizes, que são sequelas das espinhas. Podemos notar alterações da superfície da pele, principalmente cicatrizes deprimidas.

[/accordion_item]
[accordion_item title=”Como são os tratamentos para tirar cicatrizes de acne?”]

Existem vários tratamentos que podemos utilizar para a correção das marcas de acne. A escolha e indicação de cada um deles depende de cada caso, cada pele. Em uma mesma pessoa, pode ser necessário a utilização de mais de um tipo de procedimento, para que se alcance o melhor resultado. Dessa forma, o tratamento pode ser mais demorado, pois é comum um procedimento não poder ser realizado junto com outro.

Temos que ter muita paciência, controlar um pouco a ansiedade em resolver tudo de uma vez.

Assim, podemos até demorar um pouco para atingir o resultado esperado, mas os resultados persistem para sempre.

[/accordion_item]
[accordion_item title=”Qual profissional devo procurar para fazer o tratamento?”]

O ideal é que procure um médico treinado e nunca por profissionais não médicos. O motivo: sempre existem riscos de efeitos adversos, mesmo quando realizados adequadamente. E o médico é quem está mais preparado para resolver esses possíveis problemas.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Quais sãos os principais tratamentos para cicatrizes de espinhas?”]

Como expliquei, existem diversos tipos de tratamento, cada cicatriz, cada mancha, cada pele tem um que trará o melhor resultado, assim o dermatologista poderá avaliar aqueles que são os melhores para sua pele.

  • Peelings químicos
  • Dermoabrasão
  • Preenchimento cutâneo
  • Elevação das cicatrizes
  • Excisão e sutura simples (retirada cirúrgica das cicatrizes)
  • Ressurfacing a laser
  • Subcisão
  • Dermaroller
[/accordion_item]

[accordion_item title=”Peeling químico no tratamento das cicatrizes”]

Os peelings químicos, podem ser classificados, de acordo com sua profundidade que atinge a pele, em: superficiais, médios ou profundos. Quanto mais profundo for o peeling, maiores e melhores serão os resultados. Isso também aumenta os riscos de efeitos adversos e o desconforto durante e após a realização do peeling.

Quando o problema principal são as manchas residuais devido às espinhas. Uma sequência de peelings superficiais oferecem a segurança desejada e resultados muito significativos para o clareamento da pele.

Também há uma grande melhora da textura superficial da pele.

Para cicatrizes mais profundas precisamos de peelings também mais profundos, o que pode ser conseguido de várias formas: ATA/TCA (ácido tricloro-acético), Peeling de Fenol, etc. A escolha do produto é decisão do médico que irá fazer o tratamento.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Dermoabrasão”]

A dermoabrasão é um procedimento onde realiza-se o lixamento da pele até a profundidade desejada. Ela está indicado nos casos em que há presença de cicatrizes deprimidas e profundas, principalmente aquelas com bordas bem delimitadas. Normalmente procedimento é doloroso, mas com o uso de anestésicos fica muito tolerável.

Tem maiores riscos de deixar manchas escuras, principalmente em pessoas de pele morena.

Hoje, com o surgimento de outros métodos como o Laser e o Dermaroller, a dermoabrasão é cada vez menos utilizada.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Preenchimento de cicatrizes de acne”]

O preenchimento facial é uma técnica muito versátil, usada para várias funções no rosto e no corpo. Para o tratamento das cicatrizes deprimidas que desaparecem quando a pele é esticada, provavelmente o preenchimento é uma excelente indicação.

A técnica consiste em injetar substâncias debaixo da cicatriz, levantando-a. Os principais preenchedores utilizados atualmente são temporários, devido à segurança que oferecem, como o ácido hialurônico (que pode durar cerca de 1 ano).

O procedimento é bem tolerado, com pouca ou nenhuma dor, mas as pessoas mais sensíveis, podem utilizar um creme anestésico, resolvendo o problema.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Elevação das cicatrizes”]

A Elevação de cicatrizes é utilizada para aquelas cicatrizes fundas, deprimidas, que se assemelham com marcas de catapora.

Após anestesia, utiliza-se um instrumento próprio que fará o descolamento da cicatriz, elevando-a até ao nível normal da pele. Depois fixamos com curativo. Ocasionalmente a pele ficar até mais alta que a pele normal, sendo necessário, posteriormente, realizar uma dermoabrasão de toda a região para igualar a altura.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Excisão e sutura cirúrgica da cicatriz”]

A excisão e sutura de cicatriz só é utilizada em casos mais graves, para remover cicatrizes disformes, com bordas irregulares. A cicatriz resultante da remoção é mais uniforme, com resultado estético melhor.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Tratamento a Laser para cicatrizes de acne”]

Hoje, o tratamento a Laser para as cicatrizes de espinhas é um dos mais utilizados e com melhores resultados. Com o laser temos um melhor controle da profundidade e da área que queremos atingir e tratar. Assim, a profundidade do tecido a ser removido é controlada pelo computador, com parâmetros escolhidos pela experiência do médico. É indicado para cicatrizes deprimidas de bordas bem marcadas.

Os principais métodos utilizam o Laser Fracionado, que permite atingir mais profundamente, com menores riscos e em peles mais escuras também. Existem diversos lasers, mas os melhores resultados são atingidos com o Laser de CO2 fracionado.

(Saba mais sobre o Laser de CO2 Fracionado)

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Subcisão para cicatrizes de acne”]

Na Subcisão utilizamos uma microlâmina, ou agulha, para elevar cicatrizes deprimidas.

A técnica consiste em liberar a pele da fibrose cicatricial que a puxa para baixo, como se fosse uma âncora.

Com o descolamento, há um pequeno hematoma devido ao trauma, que estimula a formação de tecido colágeno no local e ajuda a elevar as cicatrizes.

[/accordion_item]

[accordion_item title=”Dermaroller no tratametno das cicatrizes”]

Dermaroller, que consiste em um microagulhamento, provoca um estímulo na pele para a produção de colágeno abaixo das cicatrizes e a recuperação da textura da pele.

[/accordion_item]

 

O melhor tratamento para as cicatrizes de acne é a prevenção

O tratamento dos casos de espinhas e acne logo no seu início evita a formação de cicatrizes.

Todo caso de acne, independente da idade, independente do grau, deve ser tratado.

Existem medicamentos de uso tópico ou oral que controlam a doença e, até mesmo, podem acabar definitivamente com a acne em cerca de 6 a 8 meses nos casos graves ou resistentes aos tratamentos convencionais.

Algumas fotos* de cicatrizes de acne

 

 

Colaboração: Dr. Alexandre Lima

*Fotografias: As fotos não são de pacientes, foram retiradas de publicações científicas: “Acne Scars: Pathogenesis, Classification and Treatment“. Gabriella Fabbrocini et al

Veja também

 

[sc:AssineListaFinalPost ]